Home Page


conhecendo o aerografo quem somos curso online dicas veja nossa arte adquira seu aerógrafo maquiagem HD e artistica fale com a gente




Conhecendo o Aerógrafo


Há muitos milhares de anos os homens pré-históricos assopravam pigmentos corantes através de tubos para decorar as paredes de suas cavernas. Mas não se pode dizer que a pintura feita através de jatos de tinta tenha uma história contínua. No japão já era praticada no século XVII, mas o ocidente teve que esperar até o século XIX para se utilizar desta técnica. O princípio básico do aerógrafo é semelhante à idéia deste pulverizador de boca mostrado abaixo:

Neste caso, ao assoprar, produz-se um jato de alta pressão que faz descer a pressão do ar pelo tubo de tinta. A tinta, que se mantém na pressão atmosférica, é absorvida pelo tubo (onde a pressão do ar é mais baixa), e é empurrada para cima, até juntar-se ao jato de ar. O resultado é um jato de tinta amplo e uniforme.

Existem vários tipos de aerógrafos, de diferentes marcas mas com o mesmo funcionamento básico. É necessária uma fonte de ar (um compressor é o ideal) ligado ao aerógrafo através de uma mangueira. A pistola é alimentada com ar comprimido e tinta. A tinta é colocada no "copinho" acoplado ao aerógrafo. Este recipiente para tinta é diferente nos vários modelos de aerógrafos, podendo ser removível ou fixo, lateral ou acoplado na parte superior da pistola. A posição dos copos de tinta determina ainda se o aerógrafo é alimentado pela tinta atravéz de sucção, (copo abaixo do bico) ou por gravidade (copo acima do bico).

Observe nas duas figuras a seguir, os diferentes caminhos que o ar e a tinta podem percorrer antes de se tornarem um jato único e homogêneo. Quando o ar se mistura à tinta é formado o jato de tinta expelido pelo bico do aparelho como uma névoa que deve ser direcionada à base a ser pintada.  Nestas figuras, a pistola é alimentada pela tinta através de sucção (assim como no pulverizador de boca).


 

O AERÓGRAFO PODE SER DE AÇÃO SIMPLES OU DE DUPLA AÇÃO:

No AERÓGRAFO DE AÇÃO SIMPLES, o gatilho quando apertado libera um jato de tinta de espessura pré-determinada, não permitindo o controle de tamanho do jato.
No aerógrafo de ação simples, o único movimento possível no gatilho, é apertá-lo para baixo. O tamanho do jato de tinta é pré-determinado pelo fabricante (fig. ao lado).

Já no AERÓGRAFO DE DUPLA AÇÃO, o gatilho possui duas funções distintas: Primeiro, quando apertado para baixo o gatilho abre a válvula que libera a entrada de ar comprimido, e segundo, a medida que se puxa o gatilho para trás (ainda mantendo-o apertado) é acionado o mecanismo que libera a saída da tinta.

Nas três imagens abaixo, você pode verificar um aerógrafo de dupla ação. Repare que o jato de tinta é modificado conforme a posição do gatilho. Pressionado ele libera apenas ar, e a medida que vai sendo puxado para trás, libera o jato de tinta (cada vez maior, quanto mais para trás se posiciona o gatilho). Nestes exemplos, a pistola é alimentada pela tinta através da gravidade.

A técnica (e muita prática) permite dimensionar o jato de tinta para que se faça desde traços muito finos até fundos mais amplos. Trataremos da técnica no capítulo "curso online". Nesta página o objetivo é apenas apresentar o aerógrafo, já que pouco ainda se conhece sobre esta ferramenta.

Clique nas figuras abaixo para conhecer os aerógrafos Gatti. Veja nosso catálogo, com todos os modelos, especificações e preços, e adquira o seu. Revenda autorizada via internet.


 
Aerografos Gatti





entre em contato
FAZENDO ARTE - Aerografia
Próxima página